Estresse e mais: 4 causas surpreendentes de dor de dente

Escrito por Informe Publicitário

Redação Minha Vida

Em 25/6/2019

compartilhar

salvar

compartilhar

Engana-se quem pensa que a dor de dente atinge apenas bebês e crianças durante a dentição ou troca de dentes. Na fase adulta, o desconforto também pode aparecer e é causado por diferentes motivos, como lesões cariosas, sensibilidade, retração gengival, doenças periodontais e outros problemas bucais.

Mas você sabia que a dor de dente também pode estar ligada a outros fatores, como distúrbios do sono e até problemas emocionais? Pois é. A região bucal pode acabar ficando “sobrecarregada” em alguns momentos, o que leva a desgaste do esmalte dentário, fraturas e, consequentemente, mais dor.

Por isso, é muito importante investigar junto ao seu dentista que outros sintomas estão associados à dor de dente. Para te ajudar, reunimos 4 causas surpreendentes que podem ter relação com o desconforto. Veja abaixo:

Estresse

Doenças cardiovasculares, hipertensão, dor muscular e dor de dente são alguns efeitos do estresse crônico no corpo. Quando o problema está em estágio avançado, pode ainda levar a mau hálito e tensão na musculatura orofacial, o que causa ranger de dentes e apertamento da mandíbula, ainda que involuntariamente. Em longo prazo, o hábito pode evoluir para um quadro de bruxismo.

Bruxismo

O bruxismo é considerado um distúrbio do sono que atrapalha bastante as noites de quem sofre com a condição. Ele é caracterizado pelo hábito inconsciente de ranger ou apertar muito os dentes durante a noite, principalmente, causando dores difusas – nos músculos da face, dentes e até cabeça. O dentista pode diagnosticar o distúrbio após verificar o desgaste dos dentes ou do esmalte dentário.

Doenças respiratórias

Gripes, resfriados e sinusite são doenças que atacam as vias respiratórias e que podem ter relação com a sua dor de dente. Isso porque, nestes quadros, ocorre a inflamação e infecção dos seios nasais, que estão muito próximos às raízes dos dentes superiores, levando ao desconforto. Além da dor de dente, medicamentos para tratar a sinusite podem causar boca seca, aumentando o risco de lesões cariosas e infecção por leveduras na cavidade bucal.

Dor de ouvido

Assim como no caso de doenças respiratórias, outras inflamações na face ou muito próximas à região estendem a dor até os dentes – e vice-versa. Por isso, em caso de otites, que são um tipo de infecção no ouvido, é comum que se sinta uma dor generalizada na musculatura facial, levando à sensação de dentes doloridos também.

Como tratar a dor de dente?

Não tente fazer em casa receitas milagrosas e que apenas mascaram a dor, como compressas geladas, já que o incômodo pode voltar ainda mais forte. Sentir dor não é normal e precisa ser investigada junto ao dentista e outros especialistas, em alguns casos, para que a verdadeira causa seja descoberta.

Em paralelo, é fundamental não descuidar da higiene bucal, já que doenças periodontais são uma das principais causas de dor de dente. Uma boa higiene deve incluir escovação regular, uso de fio dental e também um creme dental completo para as necessidades bucais, como é o caso do novo Colgate® Total 12.

O produto ajuda a proteger dentes, língua, bochechas, gengiva e fortalece a saúde bucal contra bactérias que provocam mau hálito, placas, tártaro e outros. Além disso, o uso contínuo do creme dental cria uma barreira protetora que preserva o esmalte do dente, prevenindo a sensibilidade.

Veja Abaixo mais Postagens sobre Saúde Vida e Bem Estar que Separamos para Você!

You may also like...

Scroll Up