Doença de Sever – Sintomas e Tratamento – Tua Saúde

A doença de Sever é caracterizada pela dor no calcanhar devido a uma lesão na cartilagem entre as duas partes do calcanhar causando dor e dificuldade em caminhar. Essa divisão do osso do calcanhar encontra-se presente nas crianças entre os 8 e 16 anos, principalmente nas que fazem exercícios como ginástica olímpica e bailarinos que fazem muitos saltos com aterrizagem repetitiva.

Apesar da dor também ser no calcanhar ela é mais frequente na parte posterior do pé do que na parte debaixo.

Doença de Sever   Sintomas e TratamentoRaio X do pé evidenciando a doença de Sever

Sintomas da Doença de Sever

A queixa mais frequente é a dor em toda a borda do calcanhar, que faz com que o paciente passe a apoiar mais o peso do corpo na parte lateral do pé. Inchaço e ligeiro aumento da temperatura também são sinais desta doença.

Para identificar a doença de sever recomenda-se o exame clínico por parte do ortopedista e do fisioterapeuta, caso seja necessário pode-se recomendar os exames que detectam a doença de Server, que são o Raio-x e a Ultra Sonografia.

Como Tratar a Doença de Sever

O tratamento para a doença de Sever, que surge frequentemente em adolescentes que praticam esportes, é feito apenas para diminuir a inflamação e aliviar a dor e o desconforto.

Assim, o pediatra pode recomendar alguns cuidados como:

  • Repousar e diminuir a frequência das atividades esportivas de alto impacto;
  • Colocar compressas geladas ou gelo no calcanhar por 10 a 15 minutos, 3 vezes por dia ou após atividade física;
  • Usar palmilhas especiais que suportam o calcanhar;
  • Fazer alongamentos frequentes do pé, puxando os dedos para cima, por exemplo;
  • Evitar andar descalço, mesmo em casa.

Além disso, quando a dor não melhora apenas com estes cuidados, o médico pode receitar o uso de anti-inflamatórios, como Diclofenaco ou Ibuprofeno, durante uma semana, para obter um resultado mais eficaz.

Em quase todos os casos, é ainda aconselhado fazer sessões de fisioterapia para acelerar a recuperação e permitir regressar às atividades físicas mais cedo.

Fisioterapia para doença de sever

O tratamento com fisioterapia é adaptado a cada criança e ao seu nível de dor, sendo utilizados exercícios que fortalecem a flexibilidade e força das pernas e pés, de forma a manter a musculatura desenvolvida para as atividades diárias e para o regresso às atividades esportivas, por exemplo.

Além disso, na fisioterapia também é possível aprender técnicas de posicionamento para caminhar e fazer as atividades diárias sem colocar pressão excessiva no calcanhar, diminuindo a dor.

Já as massagens também podem ser utilizadas, pois melhoram a circulação sanguínea para o local, evitando a congestão e reduzindo a inflamação que provoca dor e desconforto.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora geralmente surgem após a primeira semana de tratamento e incluem a redução da dor e inchaço local, permitindo realizar quase todas as atividades. Porém, é importante evitar as atividades de alto impacto pois podem prejudicar a recuperação.

O desaparecimento completo dos sintomas pode demorar entre algumas semanas ou meses e, geralmente, depende do grau e velocidade de crescimento da criança.

Sinais de piora

Os primeiros sinais da doença de Sever surgem com o início da adolescência e podem ir piorando ao longo do crescimento se o tratamento não for feito, impedindo atividades simples como caminhar ou movimentar o pé, por exemplo.

Veja quais os sinais que podem indicar o surgimento deste problema na criança.

Veja mais Videos sobre Saúde Vida e Bem Estar que Separamos para Você!

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − nove =

Scroll Up