Alunos fazem “vaquinha” para cirurgia de professora trans

Escrito por Redação

Redação Minha Vida

Em 25/7/2016

compartilhar

salvar

compartilhar

A professora de literatura Danieli Balbi, de 27 anos, que leciona no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp UFRJ), recebeu de seus alunos uma grande ajuda para realizar sua cirurgia de redesignação sexual. Eles criaram uma campanha de financiamento coletivo para ajudá-la a custear a cirurgia e os exames preparatórios.

Até o momento já foram arrecadados mais de R$ 2.700. A professora realizou o procedimento no dia 21 de julho, mas as doações continuam no site, pois Danieli precisará de novos medicamentos e cuidados em sua recuperação.

Danieli nasceu Daniel e, desde os 4 anos, depois de ver um vídeo da cantora Daniela Mercury, ela começou a desejar ser como ela, ser uma mulher. Ela queria mudar de sexo.

“Desde adolescente vivo timidamente a transexualidade, tendo sido obrigada a camuflar a minha essência para poder me formar e ingressar no mercado de trabalho. Há dois anos vivo plenamente como a mulher que sou, encontrando forças para me libertar de uma vida que me sufocava”, conta ela na descrição da página da ?vaquinha?.

Após o procedimento, a professora postou um vídeo no Facebook agradecendo o apoio e contando como estava.

Essa matéria faz parte da Rede Vida Livre, criada pelo Minha Vida em parceria com o Catraca Livre. O objetivo dessa união é produzir textos sobre projetos inspiradores dentro e fora do Brasil que ajudem a salvar vidas, evitar doenças e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

SAIBA MAIS

Gordura trans: conheça os riscos e saiba como identificar

Disfunção erétil pode acontecer em qualquer idade e tem diversas causas possíveis

Veja Abaixo mais Postagens sobre Saúde Vida e Bem Estar que Separamos para Você!

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 17 =

Scroll Up